Nuvens

Vamos nos meter em uma nuvem...
Sair olhando cabeças lá do alto...
E ver o quanto nós podemos ser livres
Fora do pensamento alheio...
E das mentes maldosas...
Livres para tudo

Já te levaram no céu?
De uma forma que você nunca pudesse esquecer
Levado pelas mãos...
Pelos olhos...
Pelos beijos...
Abraços... desejos...
Já?

Já te prometeram sem cumprir? 
Cumpriram sem prometer...? 
Ou apenas disseram que "um dia vai acontecer"? 

As vezes eu caio
As vezes eu me jogo
Quase sempre me levando
O que vale mesmo é essas fases
Eu continuo oscilando
Achando uma forma de desviar de tudo
De não se sujar nas tentativas de voar
Uma forma de se livrar de tanto céu
Para que tanta nuvem sem ter com quem dividir?


18 de abr de 2010 às 18:53:00

2 Comments to "Nuvens"

já me prometeram sem cumprir mas tb já cumpriram sem me prometer...é preciso acreditar mais nas pessoas do que em suas promessas, melhor ainda é acreditar em nós mesmos e compartilhar a felicidade com quem sabe se doar por inteiro...
Lindo seu poema...adorei!
abraços

Aline Monteiro

blogoutroscarnavais.blogspot.com

Postar um comentário